sábado, 22 de novembro de 2014

Maldição ou padrões doentios herdados – Parte 3


Resolvendo  os problemas de padrões doentios



1.             Enchei-vos do Espírito


“E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito. Ef 5:18  ,

          Antes de tratar  da  questão de como resolver os problemas relativos a padrões doentios que absorvemos, seja dos nossos pais , sejam nas universidades, sejam nas escolas ou com a convivência com o mundo, gostaria de falar um pouco sobre de que estado espiritual devemos nos encontrar e devemos mantê-lo para que esse tipo de pecado seja resolvido em nossas vidas.

Se fizermos uma reflexão neste texto podemos tirar algumas lições que o apóstolo Paulo quer nós dar, vejam elas:

          Primeiro -  Paulo quando diz : “.. não vos embriagueis com vinho” no qual a dissolução, ele estar nos dando uma ordem e que esta ordem não preocupa apenas com a bebida “ vinho” ele esta preocupado com o pecado  que não deixa de ser uma estado de embriaguez, pois quem está em embriagado  não sabe o faz. De maneira similar quem está em pecado tem o mesmo comportamento, não sabe o que faz. Na verdade a palavra de Deus está nos mandando, resolver em primeiro lugar em nossas vidas os problemas da embriaguez.

        Segundo – O apostolo Paulo não coloca como o primeiro termos da frase “mas enchei-vos do Espírito” mais uma ordem “.. não vos embriagueis com vinho” no qual a dissolução, significando que a primeira atitude em nossas vidas é resolver o problema do pecado, para em seguida tratarmos da plenitude do Espírito. Pensando bem esta deve ser a ordem correta e lógica das coisas que fazem parte de nossa vida.

          Em suma, o texto nos esta ensinando que ninguém pode estar bêbado e cheio do Espírito ao mesmo tempo, ou seja, ninguém pode estar, ao mesmo tempo sobre o controle do vinho e do Espírito Santo.

         Para esclarecer melhor o trocadilho entre o vinho e o pecado, podemos fazer a troca da palavra vinho no texto de Ef 5:18 por qualquer outra palavra que signifique controle de nossa vida, exemplo:

“E não vos embriagueis com sexo, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito.

         Esta é uma ordem muito apropriada para a época da pós – modernidade. Nos tempos atuais somos bombardeado diariamente com vários níveis de pornografia pela mídia; somos provocados pela maneira sensual com a qual muitas mulheres se vestem; somos também influenciados pela pornografia explicitas nas bancas de revistas. Os cristãos desta geração estão cada vez mais sendo submetido a uma tremenda descarga de material erótico, e não são poucos os que acabam cedendo, pouco ou muito, à imagem sensual, ao devaneio erótico, ao pensamento lascivo, ao consumo da pornografia.
         Ninguém pode ser controlado ao mesmo tempo pelo desejo sexual impuro e pelo Espírito Santo. Temos que pensar que em priorizar a atitude de arrependimento, confissão e abandono dessas coisas. Niguem pode ser dominado pela lascívia, pela imoralidade, pelas fantasias eróticas e, ao mesmo tempo, ser controlado pelo Espírito Santo de Deus. As duas coisas, pecado e o Espírito Santo, são incompatíveis.

Ai estar um pecado na área moral da pessoa.

         Você meu querido leitor, pode ainda trocar a palavra vinho pela palavra dinheiro “E não vos embriagueis com dinheiro, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito. Ef 5:18 . Há cristãos que amam o dinheiro e passam a vida toda na busca de conseguir mais e mais. Para estas pessoas, o mais importante na vida é adquirir estabilidade, segurança para o futuro e tendo mais eles se sente seguro. É esse o alvo que controla a suas vidas, decisões, pensamentos, reações e emoções. Não podemos servir a dois senhores : ou somos controlados pelo amor ao dinheiro, ou somos controlados pelo Espírito Santo. Meus querido leitores jovens e adultos, mulheres e homens não estou  afirmando que não devemos trabalhar e suprir as nossas necessidades, as dos nossos filhos e das pessoas ao nosso do nosso convívio. Na verdades estou querendo dizer é que não devemos tê-los como este bem fosse  a coisa importante da sua vida. Contrariando exatamente o que a palavra de Deus nos ensina em Mateus 6

Mas acumulem para vocês tesouros nos céus, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração.Mt. 6.20-21

Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro. Mt. 6. 24
 
 Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.  Mt 6.33


Ai estar um pecado na área financeira da pessoa.

           Agora troque a palavra sexo por  rancor  ou  ressentimento.  A mágoa é uma das emoções mais gostosas de sentir. É tão gostoso de ficar magoado!  Especialmente quando a mágoa  vem acompanhada do senso de indignação, por nossos direitos terem sido negligenciados, a nossa honra ferida e o nosso nome enlameado. Ah, é como é gratificante quando nos revestimos  daquela sopro de indignação, queixando-se de que fomos roubados dos nossos direitos, que fomos mal compreendidos,  menosprezados.
Há pessoas que carregam esse sentimento doentio anos e anos a fio. O rancor tem o poder de controlar suas vidas, determina suas ações, dispara um mecanismo de defesa quando se relacionam com as pessoas. Elas não poderão ser controladas pelo Espírito Santo enquanto não resolverem a questão do pecado da magoa.

Ai estar um pecado na área emocional da pessoa.

            O que acabamos de tecer foram alguns exemplos de pecados que podem ser desenvolvidos pela convivência. É claro que existem outras ações, atitudes e emoções que diariamente, seja no nosso lar, no nosso trabalho ou mesmo na nossa comunidade, que procuram toma o controle de nossas vidas. Ao permitirmos isso, entristecemos o Espírito Santo e saímos da influência de seu controle. Ef 4.30-33.

 Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo. Ef 4.30-33

         Se quisermos que o Espírito santo de Deus volte a controlar as nossas vidas, precisamos diariamente, mortificar as paixões carnais. Gl 5.12-26.

Por isso digo: Vivam pelo Espírito, e de modo nenhum satisfarão os desejos da carne. Pois a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam Mas, se vocês são guiados pelo Espírito, não estão debaixo da Lei.  Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; idolatria e feitiçaria; ódio, discórdia, ciúmes, ira, egoísmo, dissensões, facções  e inveja; embriaguez, orgias e coisas semelhantes. Eu os advirto, como antes já os adverti: Aqueles que praticam essas coisas não herdarão o Reino de Deus. Gl 5.16-21


         Os últimos tópicos  tratados  nos esclarece o contexto  de Ef. 5.18, texto base do tema. Ele nos mostra que este texto começou em Ef. 4.17

Assim, eu lhes digo, e no Senhor insisto, que não vivam mais como os gentios, que vivem na inutilidade dos seus pensamentos. Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância em que estão, devido ao endurecimento do seu coração.
Ef.4.17-18

          Foi neste contexto que o Apostolo Paulo, começou a nos ensinar como  cristão é salvo da presença do pecado e como ela funciona. Veja o que diz a palavra de Deus em Ef. 4.22-24.

Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e  a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santida de provenientes da verdade. Ef. 4.22-26


          Por fim, o apostolo Paulo nos manda abandonar a velha maneira de viver como se despe uma roupa velha e imprestável. Ele nos manda renovar as nossas mentes e nosso coração e por ultimo ele nos manda se vestir da natureza que Deus criou nele para sermos mais semelhantes a Jesus Cristo, em suma:Ele nos manda despir-se, renovar-se e revestir-se de ordem inalterada. Estas atitudes, ilustram o dia-a-dia, para demonstrar os passos da vida cristã. O apostolo Paulo utiliza-se de uma alegoria para facilitar o entendimento de todos os leitores, quando referir-se à santificação. A santificação é assim, diz a palavra de Deus. Você se despede do velho homem e dos seus feitos(4.22), renova-se no espírito do seu entendimento(4.23), e finalmente reveste-se do novo homem(4.24).

            Na verdade, a santificação tem duas fases importantes as quais, passaremos a descrever:

Primeiro – a primeira fase do processo será tratado o problema do pecado, da mortificação da velha natureza e do controle das paixões que procede da nossa carne.
Segundo – a segunda fase acontece o revestimento das virtudes cristã, do próprio Cristo, na verdade.

           Em suma, os dois processos  pode ser explicado da seguinte maneira: na santificação ocorre primeiro o despir-se do velho homem e, em seguida, revesti-se do novo homem, ou seja os padrões doentios são substituídos pelos padrões da palavra de Deus.

As pessoas, deixam as mentiras – despir-se do velho homem - , e depois fala a verdade – revestir-se do novo homem( Ef. 4:24), devem para de furtar e começar a trabalhar (Ef. 4.28). Da mesma forma devem parar de dizer palavras torpe e começar a falar o que edifica ( Ef. 4.29). Não basta de falar palavrão- você deve aprender a dizer palavras que abençoam e que edificam.

Finalizando, O apostolo Paulo nos manda um recado para aqueles que estão andando fora dos caminhos de Deus e nos ordena: o cristão deve primeiro despir da embriaguez, seja ela qual for, e em seguida se revestir no Espírito Santo.



E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito. Ef 5:18  ,


Mas o leitor pode estar perguntando! Como então eu devo me revestir do Espírito Santo? A resposta encontra-se logo após ele ordenar no versículo 5:18 “ser continuamente enchidos pelo Espírito Santo”, Ele nos diz que para se encher do Espírito Santo é necessário falar entre vós ( v.19), entoando e louvando (v. 19b), dando sempre graças (v.20) e por fim, sujeitando-vos uns aos outros (v.21), em executando estes mandamentos certamente serão enchido pelo Espírito e a partir daí você será controlado pela pessoa do Espírito Santo e você será usado diariamente para abençoar e andar segundo a sua vontade.



E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito. Ef 5:18 .

É  uma ordem a ser obedecida. Não está cheio do Espírito é desobedecer uma ordem de Deus, logo está pecando.



2. Permanecer

Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto
por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não  podem dar fruto, se não permanecerem   em mim.”Jo15.4

A.   A conversão ao Senhor Jesus da ESPOSA

Tudo começou aos vinte e seis anos de idade quando os primeiros sintomas de depressão apareceu na vida desta linda e jovem mulher, ela era bem casada, tinha dois filhos lindos um de 06 e outro de 02 anos. Tudo transcorria normalmente em sua vida, estudava, trabalhava como professora de Inglês, até que certo dia, uma doença chamada depressão retirou sua paz. Em busca de explicação para o problema ela realizou Exames Médicos com endocrinologista, consultas com Psiquiatras e Psicólogos,  todos estes exames buscava uma explicação para o problemas vividos. Um indicava certos tipos de remédios, outro desfazia dentro da ética o que o outro passava, uns indicavam a Psicologia com suporte a Psicoterapia, outro desfazia, uns indicava a sonoterapia outros o choque elétrico e assim ela escalava montanhas de médicos, métodos diferenciados de Psicoterapia e remédios em busca da sua cura, mas o problema da depressão só piorava. Toda criatura que diz ser Cristã, procura também na sua religião, suporte para a cura. Ela era Católica. Idolatra ao ponto de beijar imagens antes de dormir e procurou a cura  através do padre da paroquia que ela freqüentava, mais uma vez não logrou sucesso. O sofrimento de uma pessoa com distúrbio emocional motivado pelo depressão é tão intenso que até a cura pela religião espíritas e seitas que aplicavam banhos de pipocas serviu como meio de cura, no entanto ela não sentia mudanças no sintoma apresentado, ela só piorava.
O sofrimento vivido pôr essa mulher era tão grande, que a levou a se entregar com cada sugestão apresentada. Para se ter uma idéia isto aconteceu pôr mais de oito anos e que  terríveis oitos anos!.  Os médicos eram taxativo em afirmar que o caso dela não tinha solução, e alguns afirmavam só Deus! e como nós não conhecíamos a DEUS começamos a acreditar que o problema dela não tinha mais cura. Ela estava viva fisicamente, mas sua alma estava morta. Ela olhava, mais não via seu olhar era fixo e sem vida. Ela beijava, mas não sentia. Ela abraçava, mas não tinha calor as sua emoções. Ela enfim estava definhado. Foi então que ela conheceu uma adolescente, chamada Simone, de apenas  15 anos que falou de JESUS e a convidou para  visitar uma igreja evangélica. Nesta caminhada ela viu a gloria de Deus entrar na sua vida. E a gloria de Deus entrou na vida dela porque elas a trouxe para si e disse o que ela devia fazer, e tomou três atitudes:

Primeira atitude

1Sm 7:3 “Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.

NOVO PESSAR, UM NOVO SENTIR E UM NOVO AGIR


Segunda  atitude

1Sm 7:3 “Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.

QUEBRA TODOS OS ÍDOLOS

Terceira atitude

1Sm 7:3 “Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.

PREPARA O VOSSO CORAÇÃO AO SENHOR

B.   A  conversão do esposo

Foi então em 1992, que Rodrigues  sentiu  a presença de Deus, e foi a igreja com sua esposa e com os seus filhos, ali ficou na esperança que tudo mudaria. E mudou sim, a sua casa virou de cabeça para baixo, ninguém mais se entendia, começaram os problemas de relacionamento entre rodrigues  sua esposa, Rodrigues e os meninos, os meninos e a mãe. Verdadeiramente Deus os colocou no vale, onde só tinha ossos secos, sem vida e nos perguntou é possível esses ossos reviverem, ou seja, na verdade Deus estava lhes perguntando é possível Rodrigues a sua família ser restaurada? É possível haver conversão entre pais  e filhos e filhos e pais? Rodrigues sinceramente não sabia responder pois, somente Deus faria tamanho milagre. Rodrigues já não sabia quais eram as intenções de sua esposa e nem ela confiava mais em Rodrigues. O casal só confiava  nas intenções de Deus e nas alianças que foram colocados nos dedos de cada. Em suma, Rodrigues  e  esposa tinham um compromisso de manter-se juntos até que a morte os separasse e este compromisso foi firmado entre Rodrigues, Ana e Deus.

Foi nesta grande tribulação que Rodrigues sentiu um chamado para ser pastor, mais Rodrigues mesmo não acreditava, pois como Deus  o chamaria para um ministério de tamanha importância, se  ainda não tinha se convertido a   esposa e a seus filhos?

Verdadeiramente, depois de muita oração, Rodrigues comecou a entender o propósito de Deus para sua vida. Deus quando chamou Levi para segui-lo, Levi era uma pessoa que roubava dos Judeus e entregava a Roma, ele tirava do povo Judeu aquilo que eles não tinham, Mais Jesus sabia o que ele ia fazer, Ele escreveu um livro que a mais de dois mil anos abençoa gente. Levi passou a ser chamado de Mateus e passou a falar de Jesus, fala de seus milagres, fala do que ele fez para nos salvar. Deus não chama os sadios, Ele chama os doentes.  Deus chamou Paulo de Tarso, Deus chamou Moises, Chamou a Jacó e tantos outros sem mérito nenhum, apenas pela sua misericórdia e graça. Deus quer chamar Voce!