quinta-feira, 7 de junho de 2018

O QUE É UM CASAMENTO?




“Casamento é uma aliança voluntária diante de Deus e entre duas pessoas do sexo oposto ( mulher e homem ) que deve durar toda vida”.


“É um pacto de fidelidade com autonomia e cooperação que inclui a pratica de sexualidade para o prazer do casal e perpetuação da especie  e preservação da família”.


“Um casamento abençoado começa com um namoro abençoado, e uma família abençoada começa com um casamento abençoado”.


1)   O CASAMENTO É UMA ESCOLA PARA MARIDO E ESPOSA


Você estuda para ser pastor, você  estuda para ser medico, você estuda para ser engenheiro, advogado, mas não estuda para ser  marido, esposa  pai e nem ser mãe. Se você investe nas profissões de ser pastor, ser medico, ser advogado, ser engenheiro é porque acha  mais importante do que ser marido e esposa? Acho que não? Sabemos disso, mas mesmo assim investimos muito mais para ter uma profissão do que para ser marido ou esposa. Nos ultímos tempos percebemos que exinte muitas separacões entre casais jovens por que eles preferem investir todo seu tempo na profissão do que no seu casamento. Se o casal perseverar no seu relacionamento com o seu conjuge  constatará que  o  'casamento' é uma escola que você se matricula para ser esposo e esposa e que é uma grande escola instituída por  Deus.


2)   A ESCOLA DO CASAMENTO  ESTUDA:  HUMILDADE, RENUNCIA, QUEBRANTAMENTO E PERDÃO


Casamento é a escola da humildade, é a escola da renúncia, é a escola do quebrantamento e consequentimente do perdão. Sem humildade não haverá progresso no casamento, sem quebrantamento não haverá ajustamento dos conjuges. É no ajustamento que se trata orgulho. O tratamento do orgulho é o principal propósito de DEUS quando ele instituiu o casamento, sabe por que? Por que com a quebra do orgulho haverá quebrantamento e consequentemente  ajustamento entre duas pessoas totalmente diferente.


Jesus no sermão do monte ( Mt 5,1-12)  iniciou o seu grande sermão dizendo: Bem aventurados os pobres de espírito.... Depois, bem aventurados os que choram.... E em seguida ele afirma bem aventurado os humildes,..... . Para Jesus, ser humilde deve ser uma prioridade em nossos valores, para ELe humildade é admitir  que não sabe e que precisa aprender.  Os conjuges sendo humildes, um aprende com o outro, na escola chamada casamento. Sendo humildes aprenderão a não serem  orgulhosos e  não sendo orgulhosos, aprenderam a se quebrantar e a perdoar. Quando nós somos humildes, não orgulhoso e nos quebrantamos com o nosso conjuge, pedimos  perdão, aí vem o ajustamento. No casamento é necessário os ajustes entre duas pessoas. O ajustamento é um dos grandes desafio de um casamento - ajustar duas pessoas totalmente diferente ( na cultura, no temperamentos, na religião, etc) é muito difícil. Imagina ajustar a cultua familiar um homem que é diferente da sua mulher. Imagina um paraibano e um mineiro, e um de cidade Campina Grande e um João Pessoa, o que daria? O ajustamento têm que dar outra cidade - Recife! 


Quando falamos que casamento é uma escola, associamos em pessoas ensináveis e ser ensinável tem que ser humilde e ser humilde é ser moldáveis. Quando somos ensinavel,  nós, esposo e esposa, deixa Deus trabalhar em cada um e no casal. “.....como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão” ( Jr. 18.6).


3)   AS DIFERENÇAS DEVE SER IDENTIFICADAS NO NAMORO


Duas pessoa andarão juntas se não tiverem de acordo? Joel 1.18


Pelo que tudo já foi escrito entendemos  que casamos sem saber o que é um casamento! Será  que sabemos que no casamento vamos se relacionar diariamente com outra pessoa e que essa pessoa pensa diferente de nós, certamente nem pensamos nisso! Quando discordamos na fase do namoro, deixamos passar as diferenças, onde deveríamos nesta fase trabalhar em nós a humildade, orgulho, quebrantamento e ajustamento. Muitas vezes agente pensa que vai resolver quanto estiverem juntos. É aí que pega. Marido e esposa não vem pronto. Uma relacao a dois tem como alicerce o namoro e se constrói no casamento.


4)   O CASAMENTO APRENDE-SE  A SERVIR


Melhor é serem dois do que um, porque  tem melhor paga do seu trabalho. Porque se cairem, um levanta o companheiro; ao, porém, do que estiver só; pois, caindo, nao haverá que o levant . Ec 4.9-10


Pense comigo, duas pessoas juntas andam muito mais, se um serve ao outro. Se isto é verdade, o casamento é uma chamada para servir. Quem não serve não serve para casar. Rebeca foi objeto de oração de Eliezer para a escolha da esposa de Isac. Eliezer orou para que a moça que servisse água a ele no poço, ela seria a esposa de Isac ( Gn 24.12 -14 ). A moça, além de servir a Eliezer, serviu aos oito  camelos que conduzia Eliezer. Logo, a moça chamaa Rebeca "serviu" para casar com Isac. Este foi o princípio de escolha da esposa de Isac. Lindo né! Fantástico é o nosso Deus. É verdade ou não é, que é  Deus escolhe o nosso cônjuge.


5)   CASAMENTO É UMA  ALIANÇA ( SOCIEDADE)


Casamento é uma sociedade biológica, emocional, espiritual ( aliança ) e material, os socios tem que ter lealdade ( honrar o sócio na ausência) e transparência ( prestação de contas em tudo). Que não sabe e não gosta de prestar contas não case. Ninguém gosta de prestar conta, ninguém que ser supervisionado(a), a conta bancaria deve ser conjunta, as senhas tem que ser conhecida dos dois,  as pessoas de convivências dos conjuges devem  ser conhecida. Muitos casais se separam por problemas financeiros, esta questão deve ser discutida e comprtilhada.


6)   PARA ENTRAR NA ESCOLA CHAMADA CASAMENTO É NECESSÁRIO CUMPRIR PRINCIPIOS.


É BOM QUE O CASAMENTO SEJA LEGALIZADO


Romanos 13:1-2 nos diz: “Toda a alma esteja sujeita às potestades superiores; porque não há potestade que não venha de Deus; e as potestades que há foram ordenadas por Deus. Por isso quem resiste à potestade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação”. Podemos ver nessa passagem que submeter-se às autoridades governamentais que exigem um registro de casamento é um comando bíblico.


É BOM QUE O CASAMENTO TENHA ALGUM TIPO DE CERIMONIA FORMAL


Da mesma forma que em muitas culturas um pai dá sua filha em casamento, alguns estudiosos entendem a entrega de Eva a Adão (Gênesis 2:22) como Deus administrando a primeira “cerimônia” de casamento. Em João capítulo 2, Jesus estava presente em uma cerimônia de casamento. Jesus não estaria presente se não concordasse com o que estava ocorrendo. O fato de que Jesus estava presente de forma alguma indica que Deus exige uma cerimônia, mas com certeza indica que uma cerimônia de casamento é aceitável aos olhos de Deus.


A RELAÇÃO SEXUAL É O “SELO” FINAL NO CONTRATO DE CASAMENTO

 A base para esse argumento é o fato de que relação sexual entre um marido e sua esposa é a suprema concretização do princípio de “uma carne” (Gênesis 2:24; Mateus 19:5; Efésios 5:31).


É bom que os  princípios acima devam ser seguidos. Contanto que os requisitos sejam razoáveis e não vão contra a Bíblia, um casal deve procurar ter qualquer forma de reconhecimento formal do governo que é disponível.  Um casal deve seguir quaisquer práticas culturais e familiares que são utilizadas para reconhecer um casal como “oficialmente casados” e por ultimo  um casal deve consumar o casamento ao realizar o aspecto físico do princípio de “uma carne”.



Por fim, no casamento o amor conjugal é especial e divino:


Salomão quando escreveu sobre o amor conjugal, destacou quatro pontos que deve ser observado:

1) O amor conjugal deve ser  INVIOLÁVEL - "Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço..." (Ct 8.6);

2) O amor conjugal deve ser  SACRIFICIAL - "... porque o amor é forte como a morte..." (Ct 8.6);

3) O amor conjugal deve ser INDESTRUTÍVEL - "... as muitas águas não poderiam apagar o amor nem os rios afogá-lo..." (Ct 8.7);

4) O amor conjugal dee ser INCORRUPTÍVEL - "... ainda tque alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor, seria de todo desprezado" (Ct 8.7).


 Você é capaz de aprender no casamento a ser esposo e esposa segundo o coração de Deus?

 "Se vc quer uma companhia compre um  ‘cachorro’ e se quer uma sociedade case."